ANTENAPOP

ESPECIAL GLORIOSA: Conheça a sensacional Glória Groove

D075b6af 7777 415a 88bb aaed52cf8391

"Vai segurando!". E não é que a gente vem segurando, e com muito amor, todo o trabalho dessa deusa? Glória Groove, a drag de Daniel Garcia, vem ganhando cada vez mais espaço em nossos corações desde que começou a sua carreira musical em 2016.

Antes de ganhar o Brasil sendo 'Glória', Daniel já tinha o pezinho no meio musical. Criado por uma família com veia artística, ele já estava envolvido no meio desde os sete anos de idade. Em 2002, trabalhou como integrante da nova versão do grupo 'Balão Mágico'. Em 2006, atuou na novela 'Bicho do Mato, da Rede Record. E no mesmo ano o pequeno Daniel participou do programa 'Raul Gil', na Bandeirantes.

 

 

Em 2016, uma música com o refrão chiclete grudou em nossas cabeças. "Dona" foi o primeiro single de Glória Groove e, até hoje, as pessoas vibram e gritam que ela é "a dona da zorra toda" quando esse hino toca na pista. Mas também, como não ir à loucura com um hino desses, não é mesmo?

 

 

Em fevereiro de 2017, nós, finalmente, fomos agraciados com um hinário chamado "O Proceder". O álbum conta com oito faixas que nos levam a vários picos de emoção. A gente se arrepia com 'Gay', fica com vontade de abraçar com o crush com 'Madrugada' e sente o peso da representatividade com 'Império'. O álbum rendeu uma turnê pelo Brasil chamada "O Proceder Tour".

 

 

E, para a alegria de muita gente, Glória Groove irá se apresentar aqui em Maceió neste sábado (14), com a festa AFRONTA na Joy Club. Para Anderson Dantas (21), componente da X-Treme, a produtora que está responsável por transportar o lacre da "O Proceder Tour" para nossas terrinhas, falou um pouco sobre o processo da vinda da atração. "Antes de nos tornarmos produtores, nós frequentávamos muito as festas aqui em Maceió, e continuamos a frequentar. Só que a gente sentia muito a falta dela no roteiro de Maceió. Traziam todo mundo, menos a Glória Groove (risos). Ela tem um repertório maravilhoso e é uma drag muito empoderada. A gente gosta muito dessa questão do empoderamento, de afrontar preconceitos e de quem coloca a cara pra bater, entende? A gente queria trazer alguém que nos representasse, que estivesse na linha de frente, colocando a cara pra bater e vencendo a sociedade preconceituosa", disse.

A festa, que já foi sucesso desde a pré-venda, já é um sucesso na boca do povo. "Isso dá vontade de, cada vez mais, fazer festas com qualidade, entende? E a gente quer fazer evento pra todo mundo! Seja pra Pedro, Maria, João ou Josefa...  E sempre estaremos abertos a ouvir críticas construtivas, conselhos e tudo o que vier para somar. Nós inicIamos agora, mas temos muita força de vontade e gratidão por todo o apoio que recebemos do público", salienta.

E se você ficou afim de ver e conhecer mais o trabalho da Dona, Glória Groove, dá uma checada no seu canal oficial do YouTube bem aqui. E se gostou tanto que ficou a fim de ir curtir o show dessa maravilhosa, que acontece amanhã, corre aqui no evento que ainda dá tempo de garantir o seu ingresso e afrontar bastante!

 

De “Salto 15”, Maju Shanii se junta a Carlos Lins para seu single de estreia

7b1ccd3b 2ce5 4886 91ba 2f04e7da3a0f Maju Shanii e Carlos Lins

Pabllo Vittar, Glória Groove, Lia Clark… Estes são alguns dos nomes que atualmente estão em evidência na indústria da música. E eles tem algo em comum: todas são drag queens.

Após o sucesso do reality show norte-americano RuPaul's Drag Race a arte drag vem ganhando mais espaço na mídia, seja nas noites animando o público enquanto dj set, performances, em animações de festas de formatura ou, como as citadas acima, cantoras.

 

Em Alagoas a cena está em constante crescimento e já contamos com inúmeras artistas que já construíram uma carreira  tanto localmente como também já ultrapassaram as fronteiras interestaduais. E uma dessas queens é Maju Shanii. “Maju é uma drag que expressa muito a negritude além da estética. Eu venho percorrendo há, basicamente, dois anos, tentando explorar essa questão da negritude no meu visual e principalmente no meu discurso político nas redes sociais. Então eu posso dizer que hoje, Maju Shanii, é essa deusa negra que mistura influências hollywoodianas e glamourizadas com influências de militância negra e LGBTQ+”, conta o ator, bailarino e recém-formado no curso de farmácia Erick Hanon (22), que é quem dá vida a persona Maju.

 

Mas os artistas de Maceió não se restringem apenas a isso. O DJ e estudante de enfermagem Carlos Lins (24) já está no mercado musical há algum tempo e vem trazendo um som pop diferente para o público. “Eu sou uma pessoa que sempre foi muito apaixonada por arte no geral. Eu tive contato com pintura quando pequeno, já tentei teatro e não deu muito certo (risos)… E essa questão da música, eu sempre fui muito fissurado, em música internacional desde pequeno. A minha irmã tinha umas fitas e ela sempre colocava e eu ficava assistindo, ela me obrigava a assistir. Eu acho que eu gostei forçado, e a força foi tanta que aquilo impregnou… E a partir dos meus 15 eu senti uma vontade e uma necessidade de criar, eu pensava “eu quero fazer isso”. Eu nunca tive ninguém pra me ensinar, eu sempre fui uma pessoa muito curiosa e então eu ia, baixava os programas e ia lá. O que me define muito é que eu não espero ter uma oportunidade, eu vou lá e crio a oportunidade”, diz o DJ.

 

A PARCERIA

Agora, esses dois artistas locais se uniram e estão prestes a lançar uma colaboração que será a estreia de Maju Shanii como cantora. Para Carlos também será uma novidade, visto que é a primeira música produzida pelo DJ com a letra em português.

 

Apesar de não haver emprestado sua voz, a drag já havia colaborado com Carlos no início do ano ao emprestar seu rostinho para ser a estrela do clipe da música “No Shame”. E, depois da gravação do clipe, ambos continuaram com um gostinho de “quero mais”. E, meses depois, após muito planejamento e troca de ideias, nasceu “Salto 15”.

 

 

A parceria, que conta com a produção de Carlos Lins, vocais de Maju Shanii e letra de Rian Guimarães, será um pop com elementos trap e foi inspirada na cantora Karol Conka. “Eu já sabia que Carlos fazia pop, então eu não tinha como fugir do pop. Só que eu também precisava de um elemento negro na música, porque eu acho que não tem como eu fugir disso. Então a gente foi vendo o que cabia com pop. Funk eu não queria, já tem muita drag funkeira (risos). E fomos pensando, pensando, pensando... Até que chegamos no trap, que é um elemento que vem muito da influência do hip-hop e é um movimento que é muito povoado por pessoas negras. Então a música tem essa pegada de pop e trap”, afirmou Maju.
Com a estreia prevista ainda para este ano, Salto 15 também contará com um videoclipe e só será revelada por completo com o mesmo. Porém uma prévia será utilizada em uma das próximas performances de Maju Shanii.

 

POR TRÁS DE MAJU SHANII

Para além de atriz, dançarina, cantora, modelo e bonita, Maju Shanii também é ato político. Com referências baseadas na modelo Naomi Campbell e na drag que chegou ao top 3 da nona temporada de RuPaul's Drag Race, Shea Coulée, ela sempre tenta trazer pautas da causa negra e LGBT em seus looks e performances. “Maju nasceu pra fazer com que as pessoas negras vejam e sintam que a questão do glamour e da maravilhosidade é algo que também nos pertence! Tanto que o meu nome está atrelado a isso, ‘Shanii’ significa ‘maravilhosa’. Então eu trago isso desde a minha criação até hoje e eu sempre tento expor isso no meu trabalho. A estética drag é uma coisa que vai e vem, você pode ser versátil, pode fazer o que quiser, mas o discurso é algo que tem que estar atrelado a sua personalidade, a aquilo que você é”, salienta.

 

Maju e Carlos esperam que o público abrace essa nova jornada de ambos, como apoiaram as anteriores. “Apoiem os artistas locais. Sejam eles Djs, cantores, drag queens, atores… Eu já passei por vários momentos no teatro de desvalorização enquanto artista, e enquanto drag não é diferente. Então eu peço que quando vocês ouvirem falar sobre a música, quando ouvirem falar sobre mim e o Carlos, nos apoiem. Mesmo que você não curta o trabalho e tenha críticas negativas a fazer, nos apoie. Porque são dois aristas locais que estão dando a cara a tapa e estão tentando fazer um trabalho independente do que A ou B pensem”, pontua Maju.
Já Carlos Lins fala também sobre a mensagem da música. “A gente quer que o público abrace e apoie a nossa música, mas também queremos passar uma mensagem através dela, mesmo que não seja escancarada. Ela tem uma mensagem na letra, na batida, nas referências visuais… A gente está trabalhando pra que, no final, a música transmita uma mensagem”, disse.

 

Então aguardem ansiosos para dançar muito de “Salto 15” com Shanii e Carlos Lins ainda esse ano! Sigam Carlos Lins em suas redes sociais (Instagram e Facebook) e confiram último trabalho do DJ aqui, no Spotify! Sigam também Maju Shanii, no Instagram e Facebook.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 99663-3222 redacaodoantena@gmail.com