1b03cc72 5787 4b9c 8821 296c56d1ef57

A Record  vem se mobilizando para convidar especialistas e jornalistas a fim de comentar as falas racistas do global para uma reportagem que está sendo preparada para o quadro “Reportagem da Semana”, do “Domingo Espetacular”.

Essa não é a primeira vez que a rede dos bispos usa sua principal revista eletrônica para repercutir um escândalo protagonizado por um artista da concorrente. Em abril deste ano, o “DE” exibiu uma reportagem de 13 minutos para denunciar o assédio sexual praticado pelo ator José Mayer contra a figurinista Susllem Tonani nos bastidores da novela “A Lei do Amor”.

Na época, a atração chegou a reproduzir a opinião de uma juíza de Pernambuco que culpou a própria Globo por ridicularizar as mulheres por meio de suas novelas e séries, apesar da rígida postura da emissora em repudiar e punir o crime cometido pelo ator, além de apoiar uma manifestação contra o assédio sexual promovido por estrelas da casa.