4e411941 70bd 49f5 9c05 fe17345a4c7a

O cantor Naldo Benny foi preso em flagrante na tarde desta quarta-feira (6), em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. O artista tinha uma pistola em casa sem ter porte legal de arma e também foi denunciado pela mulher por agressão, segundo informações da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam).

Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho, denunciou o marido após ter sido agredida no último sábado (2). Segundo ela, durante uma briga, Naldo a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo. 

Conforme Ellen contou na delegacia, as agressões do artista já acontecem há sete anos, desde antes do casamento dos dois, e seriam motivadas por ciúmes.

Segundo a delegada Viviane Costa, da Delegacia da Mulher, Ellen denunciou o marido porque "cansou" das agressões, motivadas por ciúmes. Depois da denúncia à DEAM, a polícia obteve informações de que o cantor teria uma arma não registrada, que foi apreendida nesta quarta.

Desde de que foi agredida, Ellen deixou a residência onde morava com o cantor e entrou com pedido de medida protetiva contra ele. Naldo irá responder por lesão corporal, ameaça e injúria e, se condenado, pode pegar até sete anos de prisão. Ele está preso na DEAM Jacarepaguá. O ex-casal tem uma filha de 2 anos e nove meses. Naldo e Moranguinho começaram a se relacionar em 2010, durante as gravações do clipe da música 'Chantilly', um dos maiores sucessos do funkeiro. Na época ele era casado com a produtora Branka Silva. Ellen e Naldo se casaram em 2013. O site EXTRA, entrou em contato com a assessoria do cantor e não atendeu às ligações.