PUBLICIDADE
Home » Notícias » Abril encerra nove marcas e funcionários serão demitidos
CRISE

Abril encerra nove marcas e funcionários serão demitidos

Grupo Abril anunciou nesta segunda-feira, 6, o fechamento de diversos títulos, como Cosmopolitan, Elle, Boa Forma, Mundo Estranho, Arquitetura, Casa Claudia, Minha Casa, Veja RIO e Bebe.com. A empresa ainda afirma que manterá 15 títulos em operação.

Com isso, centenas de funcionários deverão ser demitidos, segundo apurou o jornal O Estado de S. Paulo, a mudança vêm cerca de duas semanas depois da empresa de reestruturação Alvarez & Marsal ter assumido o comando da companhia de mídia. No comunicado em que anunciou a reestruturação, a Abril mencionou os cortes, mas não informou o total de demitidos.

Comunicado oficial distribuído posteriormente disse que a empresa irá “concentrar seus recursos humanos e técnicos em suas marcas líderes”: Veja, Veja São Paulo, Exame, Quatro Rodas, Claudia, Saúde, Superinteressante, Viagem e Turismo, Você S/A, Você RH, Guia do Estudante, Capricho, Mdemulher, VIP e Placar. Essas marcas deverão manter as plataformas nas quais já atuam.

Segundo a empresa, são títulos que “somam audiência qualificada de 125 milhões de visitantes únicos por mês e 5,2 milhões de circulação nas versões impressa e digital por mês, além de centenas de eventos”.

O Grupo Abril atribui o fechamento de títulos ao seu “processo de reestruturação” e ao “objetivo de garantir sua saúde operacional em um ambiente de profundas transformações tecnológicas, cujo impacto vem sendo sentido por todo o setor de mídia”. O comunicado diz ainda que “o processo tornou-se obrigatório dentro das circunstâncias impostas por uma economia e um mercado substancialmente menores do que os que trouxeram a Abril até aqui”. Não foi comunicado oficialmente o número de colaboradores dispensados, mas há estimativas de 500 a 800 pessoas desligadas.

/* ]]> */