Começam as inscrições para o programa Mais Médicos Começam as inscrições para o programa Mais Médicos | ANTENA CRÍTICA
Começam as inscrições para o programa Mais Médicos | ANTENA CRÍTICA
OPORTUNIDADE

Começam as inscrições para o programa Mais Médicos

Por Redação | 21/11/2018 | 09:40
Foto: Reprodução | Internet Começam as inscrições para o programa Mais Médicos

Estão abertas as inscrições para o programa Mais Médicos do governo federal abriu. São ofertadas 8.517 vagas para atuação em quase 3 mil municípios e 34 distritos indígenas. O salário é de R$ 11.800,00.

Podem se candidatar às vagas os médicos brasileiros com CRM Brasil ou com diploma revalidado no país. As inscrições vão até o dia 25 deste mês e devem ser feitas por meio do site do programa. O início das atividades está previsto para o dia 3 de dezembro.

A medida emergencial do governo federal pretende preencher as vagas disponíveis após o anúncio da saída de Cuba do programa, na semana passada. Atualmente, cerca de 8,2 mil profissionais cubanos participam do Mais Médicos.

Nesta terça-feira (20), o Ministério da Saúde publicou no “Diário Oficial da União” o edital para adesão ao programa.

 

Programa Mais Médicos

Criado pelo governo federal em 2013, o programa tem o objetivo de ampliar assistência médica em regiões com carência de profissionais.

De acordo com o Ministério da Saúde, o programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 distritos indígenas, e oferece assistência para mais de 63 milhões de brasileiros.

Até 2016, 11.400 médicos de Cuba trabalhavam no Mais Médicos, segundo o Ministério da Saúde. Atualmente são 8.332 profissionais cubanos em atividade.

Na semana passada, o governo cubano anunciou que deixaria o Mais Médicos e citou “referências diretas, depreciativas e ameaçadoras” feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro em relação à presença dos médicos cubanos no Brasil.

Segundo o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), com a saída dos profissionais cubanos do Mais Médicos, cerca de 600 municípios brasileiros podem ficar sem nenhum médico da rede pública a partir do dia 25 de dezembro.

Na semana passada, Bolsonaro disse que os profissionais cubanos que quisessem permanecer no país teriam o asilo concedido.

Comentários


Confira a programação dos blocos de rua do carnaval 2019 em São Paulo
POLÊMICA
Leilane Neubarth detona jornalista da Band: “Não sei se fico enojada, revoltada ou com pena”
REVOLTA
Jornalista da Band causa revolta ao fazer comentário sobre João de Deus
CONDENADO
Alexandre Frota é condenado a pagar multa por atribuir fala falsa de pedofilia a Jean Wyllys nas redes sociais
DICAS
Umidificador de ar ou climatizador? Qual é a melhor opção?