Filme alagoano sobre canhotos desperta interesse da psicanálise Filme alagoano sobre canhotos desperta interesse da psicanálise | ANTENA CRÍTICA
Filme alagoano sobre canhotos desperta interesse da psicanálise | ANTENA CRÍTICA
CINEMA

Filme alagoano sobre canhotos desperta interesse da psicanálise

Por Assessoria | 24/10/2018 | 21:17
Foto: Reprodução | Internet Filme alagoano sobre canhotos desperta interesse da psicanálise

O documentário alagoano “Admirável Mundo Destro” chamou a atenção de psicanalistas para uma minoria pouco estudada pela área: os canhotos. Para debater o tema, um grupo de profissionais ligados à Escola Brasileira de Psicanálise (EBP) realiza, no próximo dia 1º de novembro, uma discussão coletiva, a partir do filme. A exibição e o debate serão gratuitos e abertos ao público, no Instituto Carlos Conce, em Maceió-AL, a partir das 20h.

Para a coordenadora do evento, a psicanalista Eucy de Mello, o filme interessa aos profissionais tanto pelos depoimentos de pessoas canhotas registrados após as exibições, que revelariam “algo do recalcado”, quanto pelas invenções pessoais das quais esses sujeitos têm que se servir ao longo de suas vidas.

“A psicanálise, sempre na contramão dos discursos totalizantes e padronizadores, talvez seja também canhota. Como aqueles que o são, produz soluções inéditas e singulares para o que não tem remédio nem nunca terá, subvertendo a ordem massificadora do mundo que nos é imposta”, analisa a psicanalista, integrante do grupo Rumo à EBP.

Nação Canhota

“Admirável Mundo Destro” é o primeiro filme da diretora Luiza Leal, paulistana que vive em Maceió há três anos. Ela é canhota e, desde criança, precisou se adaptar às coisas que não são feitas para a mão esquerda. Junto com o documentário, lançou o portal Nação Canhota, onde tem recebido depoimentos de todo o Brasil.

O filme foi lançado em Maceió no dia 13 de agosto, quando se comemora o Dia Mundial dos Canhotos. Na mesma data, a diretora participou do programa Encontro, com a apresentadora Fátima Bernardes, na Rede Globo. Fátima também é canhota e aproveitou o filme para debater as dificuldades enfrentadas no dia a dia por quem usa a mão esquerda.

Além de Maceió, o documentário já foi exibido em Arapiraca (AL) e em São Paulo (SP), sempre seguido de debate com as realizadoras Luiza Leal e Acássia Deliê. Pessoas canhotas e destras são convidadas a interagir, compartilhar suas experiências e impressões sobre o filme, além de experimentarem objetos projetados para a mão esquerda.

Sinopse

O documentário, feito por uma equipe de mulheres, visita cidades no Brasil e na Europa para mostrar o cotidiano em comum de quem nasceu à esquerda da sociedade e refletir sobre como o lado esquerdo tem sido associado ao mal na história da humanidade. Além de Maceió, as imagens foram rodadas em Rio Largo (AL), Bodocó (PE), Ouricuri (PE) e Londres (Inglaterra).

Produção independente do Piracema Studio, o filme tem participação do ator alagoano Alex Cerqueira e entrevistas com personagens canhotos e também especialistas no tema, incluindo o neurocientista Chris McManus, um dos maiores pesquisadores de canhotos do mundo, autor do livro “Right Hand, Left Hand” (ainda sem tradução no Brasil).

Para saber mais sobre o filme, sobre as exibições e enviar depoimentos, acesse o site www.nacaocanhota.com.br.

O quê: Exibição do documentário “Admirável Mundo Destro – O filme sobre canhotos”

Quando: 1º de novembro

Hora: 20h

Local: Instituto Carlos Conce – Maceió (AL) – R. João Gualberto Pereira do Carmo, 277, Ponta Verde

Entrada gratuita

Comentários


Ivete Sangalo mostra as filhas gêmeas em gravação de DVD. Confira!
horóscopo hoje
Previsão Horóscopo: confira seu signo hoje, segunda, 10 de dezembro de 2018
Lançamento
Marília Mendonça lança clipe gravado em Recife
DANÇA
Ballet Emília Vasconcelos promove espetáculo “Musicals”
SUCESSO
Sandra Bullock fica emocionada com público brasileiro