PUBLICIDADE
Home » Notícias » Justiça bloqueará cachê de Belo para pagar dívida de R$ 4,7 mi com Denilson
DÍVIDA

Justiça bloqueará cachê de Belo para pagar dívida de R$ 4,7 mi com Denilson

A pedido do ex-jogador, Denilson, a Justiça determinou o bloqueio do cachê de um show do cantor Belo para quitar uma dívida de mais de R$ 4,7 milhões (sem considerar as correções calculadas desde então, que aumentam a quantia) por quebra de contrato.

Segundo o site UOL, a ação já foi encerrada, e Belo já não pode mais recorrer da decisão; sua defesa, então, alegou que o artista não teria fundos suficientes para pagar a indenização, de modo que o cachê de seu próximo show será depositado em conta judicial, “independentemente da titularidade de tais valores”. A próxima apresentação prevista na agenda de Belo ocorre nesta sexta-feira (26), em São Paulo.

Denilson era o empresário da banda Soweto e acusou o cantor de deixar o grupo de forma unilateral. A condenação ocorreu em 2004. Os advogados de ambos não se pronunciaram a reportagem da Uol.

Em novembro de 2017, a Justiça de São Paulo já havia determinado que as principais emissoras de TV do país (Globo, SBT, Record, Bandeirantes, Gazeta e Rede TV!) deveriam depositar em juízo eventuais cachês que seriam pagos a Belo.

/* ]]> */