Mais de mil pessoas em Maceió podem perder o Bolsa Família Mais de mil pessoas em Maceió podem perder o Bolsa Família | ANTENA CRÍTICA
Mais de mil pessoas em Maceió podem perder o Bolsa Família | ANTENA CRÍTICA
ATENÇÃO

Mais de mil pessoas em Maceió podem perder o Bolsa Família

Por Redação | 13/09/2018 | 10:40
Foto: Reprodução | Internet Mais de mil pessoas em Maceió podem perder o Bolsa Família

Mais de mil usuários do Programa Bolsa Família em Maceió podem ter o beneficio cancelado. Essas famílias devem atualizar os dados do Cadastro Único (CadÚnico) até o dia 26 de setembro.

Esses beneficiários foram inseridos no programa em junho deste ano, mas, como os endereços estavam desatualizados, os comunicados feitos pelo Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e pela Caixa Econômica Federal (CEF) informando às famílias que elas haviam sido inseridas no Programa Bolsa Família não chegaram até elas. Por isso, os benefícios depositados naquele mês não foram sacados pelos novos beneficiários.

A atualização cadastral só pode ser feita na sede do CadÚnico em Maceió, na Rua Barão de Atalaia, 753, bairro do Poço. No local, o beneficiário vai receber uma guia que autoriza o saque numa agência da Caixa Econômica.

A lista com os nomes de todos as pessoas que não fizeram o saque do benefício em junho e que podem ter o acesso ao programa cancelado está disponível na sede do CadÚnico/Bolsa Família, nas Unidades Descentralizadas do CadÚnico, nos bairros do Prado e Benedito Bentes, e nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) e no Centro de Referência Especializado de Assistência Soscial (CREAS), no bairro da Jatiúca.

Atualização cadastral

Para atualização cadastral é necessário que o responsável familiar apresente original e cópia da seguinte documentação dos membros adultos da família:

  • comprovante de residência;
  • carteira de identidade;
  • CPF;
  • título de eleitor;
  • carteira de trabalho;
  • contracheque (caso possua);
  • certidão de casamento ou divórcio;
  • certidão de óbito (do integrante falecido).

Também é preciso levar os seguintes documentos das crianças/adolescentes:

  • certidão de nascimento;
  • cartão de vacina (para crianças de 0 a 7 anos);
  • declaração da escola (para menores com idade entre 6 e 17 anos) das crianças e adolescentes da família;
  • declaração do Conselho Tutelar ou Termo de Guarda, para os responsáveis dos menores, caso o pai ou mãe não integrem a família.

Comentários


DESABAFO
Luane Dias fala sobre tentativa de suicídio e deixa fãs preocupados
CAMPEÃO
Leo Jaime é o campeão do ‘Dança dos Famosos mas internautas lamentam
HORÓSCOPO HOJE
Horóscopo Hoje: confira a previsão dos signos, segunda, 17 de dezembro de 2018
AGITO
Galvão Bueno agita em festa da Globo e dá o que falar na web
RECOMPENSA
Empresa leva todos os funcionários para a Disney