PUBLICIDADE
Home » Notícias » Regina Duarte é chamada de “namoradinha da ditadura”
POLÊMICA

Regina Duarte é chamada de “namoradinha da ditadura”

O apoio de Regina Duarte ao candidato à presidência da República Jair Bolsonaro, do PSL, continua rendendo polêmica nas redes sociais. O escritor, ator e humorista Gregorio Duvivier, 32, publicou em seu Instagram uma foto antiga de Regina Duarte, 71, ao lado de Fidel Castro, que foi ditador de Cuba de 1959 a 2008.

Na última sexta (12), a atriz fez uma visita a Jair Bolsonaro (PSL) e tem feito campanha ao presidenciável. “Hoje Regina Duarte posa com Bolsonaro. Antes era com Fidel. Não tem nada a ver com direita e esquerda. Tem a ver com tesão por QUALQUER governo autoritário que viole direitos humanos. Assim como Bolsonaro tinha tesão pelo Chávez. Onde há democracia, são contra. Bando de namoradinhos da ditadura”, escreveu o escrito, na legenda da foto em seu perfil no Instagram.

A publicação de Duvivier foi feita logo após o ator José de Abreu, 72, fazer uma série de críticas a Regina. Apoiador histórico do PT, Abreu afirmou que respeitava a posição da atriz enquanto ela apoiava a direita democrática com José Serra, Geraldo Alckmin, FHC e João Doria e até o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

“Mas não respeito artista que apoia fascista. Nossos colegas, Regina Duarte, sejam artistas, técnicos, gays, lésbicas ou héteros, estamos apavorados com o advento do fascismo. Ninguém mais trabalha sossegado com essa ameaça de trevas sobre nossas almas sensíveis. Não é admissível um colega de tantos anos não respeitar isso!”, escreveu o ator em seu perfil no Twitter.

/* ]]> */