DICA

Saiba como reconhecer um televisor 4K de Verdade


Ir para Capa

07/03/2017 | 15:59 | Por Redação

Entenda o que diferencia e como funciona a tecnologia das TVs UHD 4K que são cada vez mais procuradas pelos consumidores em todo o mundo

Crédito: DIVULGAÇÃO Saiba como reconhecer um televisor 4K de Verdade

Reconhecer um televisor 4K ainda é uma tarefa difícil para quem não tem experiência. No último ano, as TVs UHD – também conhecidas como 4K – ficaram mais acessíveis aos consumidores. A oferta crescente de conteúdo com essa tecnologia também faz com que as perspectivas para as vendas desse tipo de televisor no mundo sejam expressivas. Segundo pesquisa da IHS Display Search, de março de 2015, até a metade de 2017 espera-se que o número de TVs UHD vendidas pelo mundo chegue a 62 milhões de aparelhos, o que representa cerca de 25% do mercado nos países analisados no estudo, entre eles o Brasil*. Para a Samsung, os modelos nessa resolução já respondem por 55% do seu portfólio atual.

PUBLICIDADE

Estes números que deixaram o mercado ainda mais aquecido devem-se muito ao fato de as TVs UHD proporcionarem imagens mais realistas com nível alto de detalhamento e precisão comparável apenas ao que se pode ver a olho nu. Isto porque a resolução das TVs UHD é quatro vezes maior do que as TVs Full HD convencionais.

Líder global no mercado de televisores há 10 anos consecutivos, a Samsung, estreia no Brasil, uma ação promocional com o intuito de promover ainda mais acesso às TVs UHD. Os televisores UHD da marca partirão de RS 1.899,00** nos principais varejistas do país. A ação promocional vai de 06 de março até o dia 26 de março.

“A Samsung lidera, atua e investe fortemente no mercado 4K, oferecendo um extenso portfólio com a tecnologia mais avançada e televisores que oferecem imagens de última geração. Isto significa que o nosso 4K é de verdade porque não têm sub-pixel branco RGBW, que diminui a qualidade de imagem”, afirma Gustavo Assunção, Vice-Presidente de Consumer Electronics da Samsung Brasil.

4K de verdade porque não tem sub-pixel branco

 

Ao mesmo tempo em que aparelhos 4K se fazem mais presentes no mercado, cresce também a oferta de modelos que oferecem qualidade de imagem inferior ao prometido – apesar de também terem os 8.2 milhões de pixels que determinam a resolução 4K.

A diferença está na estrutura desses pixels. A Samsung somente utiliza o sistema de sub-pixels RGB (red, green eblue, ou vermelho, verde e azul), ou seja, cada pixel é composto pelas 3 cores primarias que quando “misturadas”, formam imagens reais como idealizadas pelos produtores.

Mas, esse não é o caso de uma TV 4K com pixel branco (ou com padrão RGBW), que utiliza uma estrutura diferente. Em vez de ser toda composta por pixels com as três cores primárias, uma das cores é substituída por luz branca – resultando em pixels sem a cor verde, às vezes sem o vermelho ou sem o azul. Das TVs 4K RGBW no mercado, apenas 25% dos pixels têm todas as cores primárias, o que diminui bastante a qualidade de imagem.

Em uma TV 4K RGBW, os efeitos podem ser sentidos nas cores, por exemplo. As imagens brancas ganham tons azulados, enquanto imagens coloridas ficam opacas e sem qualquer brilho. O contraste também sofre com a menor qualidade: vários detalhes da imagem ficam escondidos e deixam de ser reproduzidos.

Para deixar os consumidores tranquilos, a Samsung comunica que todos os modelos 4K são certificados por entidades internacionais, como a Consumer Electronics Association (CEA) e a Digital Europe (DE). Ambas criaram padrões para produtos Ultra HD a fim de garantir que os modelos certificados dentro dessas regras ofereçam o máximo de qualidade ao cliente. Como requisito obrigatório todas TV´s devem ter a tecnologia RGB que não incluem o sub-pixel branco.

 

 

Comentários

PUBLICIDADE

CURTA NOSSA FANPAGE