Liberação do FGTS e pagamento do PIS; Confira | ANTENA CRÍTICA
ECONOMIA

Liberação do FGTS e pagamento do PIS; Confira

Por Metrópole | 23/07/2019 | 00:21
Reprodução/Internet Liberação do FGTS e pagamento do PIS; Confira

Em busca de um efeito positivo no crescimento da economia, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) anuncia na próxima quarta-feira (24/07/2019) a liberação para saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), das contas do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep).

Nos bastidores, comenta-se que a intenção do governo é permitir saque de até 35% do valor acumulado. Outras mudanças, como a revisão da multas por demissão sem justa causa, devem ficar para depois, já que o governo teria de alterar a legislação. Como o foco no Congresso é a reforma da Previdência, a liberação virou assunto de segundo plano.

A equipe de Paulo Guedes estima que serão injetados R$ 63 bilhões na economia do país. Está prevista a retirada de R$ 42 bilhões das contas ativas do FGTS, além de R$ 21 bilhões do PIS/Pasep. Esta é a segunda vez que o governo federal utiliza a medida para alavancar os índices econômicos e aquecer o mercado, com a quitação de dívidas e alta no consumo. O ex-presidente Michel Temer (MDB) liberou saques em contas inativas do FGTS em 2017. À época, foram injetados R$ 44,4 bilhões na economia.

Para se ter dimensão das dificuldades, o Ministério da Economia reduziu pela metade a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma dos bens e serviços produzidos para este ano. Caiu de 1,6% para 0,8%.

Bolsonaro, apesar de considerar a medida um “paliativo”, está otimista com seus possíveis resultados. “É aquela vitamina que você tem que tomar agora, o ano tá acabando, as sinalizações da Previdência com placar alto no primeiro turno já fizeram a bolsa se estabilizar acima de 100 mil pontos, o dólar também caiu um pouco, já tem gente preocupada de o dólar cair muito, por causa das exportações”, comentou nesse domingo (21/07/2019).

A pauta econômica de Bolsonaro não se resume às mudanças no fundo de garantia. Durante a semana, a pasta divulga dados importantes que balizam o desempenho do país. Nesta segunda-feira (22/07/2019), o Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas será divulgado pelos secretários de Fazenda, Waldery Rodrigues; de Orçamento Federal, George Soares; do Tesouro Nacional, Otávio Ladeira; e o de Política Econômica, Adolfo Sachsida.

O documento baliza ações do governo como contingenciamento de verbas para cumprir a meta fiscal. No fim de semana, Bolsonaro anunciou um corte de R$ 2,5 bilhões nas contas e a extinção de um ministério, que ainda será definido.

Já na terça-feira (23/07/2019), a Receita Federal divulga o resultado da arrecadação de tributos federais e contribuições previdenciárias de junho. O chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros, Claudemir Malaquias, detalhará os números.

Na quinta, PIS/Pasep paga R$ 19,3 bilhões
Se tudo sair como o planejado, o governo federal começa a pagar o PIS/Pasep de 2018 um dia após as mudanças nos programas. Na quinta-feira (25/07/2019), o abono salarial PIS/Pasep 2019-2020, ano-base 2018, começará a ser pago. A estimativa é de que sejam distribuídos R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores.

Tem direito ao abono salarial o trabalhado que exerceu atividade com carteira assinada por ao menos 30 dias em 2018, recebendo, em média, até dois salários mínimos. É necessário estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

“Mudanças para gerar empregos”
Bolsonaro afirmou nesse domingo que o governo “pode pensar, no futuro”, em reduzir a multa de 40% do saldo do FGTS paga a trabalhadores sem justa causa. O pagamento da multa é imposto pela Constituição.

O mandatário da República, contudo, não falou em valores, mas pontuou que a equipe econômica tem cuidado do assunto. “O que estou tentando levar para o trabalhador é o seguinte: menos direito e emprego ou todo direito e desemprego”, disse, antes de almoçar em uma galeteria, em Brasília.

Comentários


PROIBIÇÃO
Crivella proíbe repórteres do Grupo Globo em coletiva
SAÍDA?
Sandra Annenberg fala se vai sair da Rede Globo
NOVELAS
Silvana engravida de verdade em ‘Bom sucesso’
NOVELAS
Vitória descobre que Sandro é seu filho e conta a Raul: ‘Monstruoso’
HORÓSCOPO DO DIA
Horóscopo de hoje do signo Peixes| Horóscopo do dia|13/12/2019