‘Pandora Filmes' completa 30 anos e celebra exibindo cults em 35mm | ANTENA CRÍTICA

‘Pandora Filmes’ completa 30 anos e celebra exibindo cults em 35mm

Por Redação | 15/08/2019 | 16:34
‘Pandora Filmes’ completa 30 anos e celebra exibindo cults em 35mm

Em 2019, a Pandora Filmes completa 30 anos de atuação e para celebrar esta data realizará uma semana de programação especial, no Petra Belas Artes. 13 longas cult lançados no Brasil pela distribuidora serão exibidos em película, além de 2 filmes inéditos. Algumas sessões serão seguidas de debates, realizados em parceria com a Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema. Os ingressos da mostra também terão preço especial a R$ 18,00 (inteira) e R$ 9,00 (meia) e poderão ser adquiridos na bilheteria do cinema ou pelo www.cinebelasartes.com.br, na semana de abertura da mostra.  

“Nestes 30 anos pude realizar meu sonho de quando comecei: trazer para o Brasil o que de melhor era produzido no cinema mundial e relançar cópias restauradas de alguns dos maiores clássicos do cinema!!” comemora André Sturm.  

A abertura para convidados será em 11 de setembro, com a exibição de “Papicha”, longa inédito no Brasil, que foi um dos destaques do último Festival de Cannes e escolhido para representar a Argélia na disputa por uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2020. Alguns ingressos serão sorteados para o público nas redes sociais da Pandora (@pandorafilmes).  

“Fui formada pelos filmes distribuídos pela Pandora e é muito legal poder contribuir com esta história que segue com a mesma ousadia no presente. Seguimos apostando em filmes que depois são contemplados com a Palma, o Oscar e outros prêmios importantes, o que certifica nosso olhar afiado para o que há de mais relevante na cinematografia mundial” celebra Paula Cosenza.  

Na programação, destaque para a exibição de “Trainspotting” com trilha sonora ao vivo, do indicado ao Oscar “As Bicicletas de Belleville”, “Amores Expressos”, primeiro filme de Wong Kar-Wai a estrear no país, e “Morte em Veneza”, de Luchino Visconti, que será exibido em cópia restaurada, além do inédito “Adoniran, meu nome é João Rubinato”, de Pedro Serrano.  

SERVIÇO 
30 ANOS DA PANDORA FILMES  
Data: de 12 a 18 de setembro  
Local: Petra Belas Artes  
Sala 4 – Aleijadinho  
Endereço: Rua da Consolação, 2423  
Ingressos: R$18,00 (inteira) / R$9,00 (meia) – exceto sessão com música ao vivo R$30,00 (inteira) / R$15,00 (meia)  

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO 

12/9, quinta-feira 
14h  
Tampopo – Os Brutos Também Comem Spaghetti (1985)  
De Juzo Itami  
Classificação indicativa: 14 anos  

19h – sessão seguida de debate  
O Passageiro, Profissão Repórter (1975)  
De Michelangelo Antonioni  
Classificação indicativa: 14 anos  

13/9, sexta-feira 
14h  
Concorrência Desleal (2000)  
De Ettore Scola  
Classificação indicativa: 12 anos  

19h – sessão seguida de debate  
Filme: Paixão Selvagem (1976)  
De Serge Gainsbourg  
Classificação indicativa: 18 anos  

14/9, sábado 
14h  
As bicicletas de Belleville (2003)  
De Sylvain Chomet  
Classificação indicativa: 10 anos  

17h – sessão com música ao vivo – ingresso R$30,00 (inteira) / R$15,00 (meia) 
Trainspotting (1996)  
De Danny Boyle  
Classificação indicativa: 14 anos  

19h  
Morte em Veneza (1971)  
De Luchino Visconti  
Classificação indicativa: 16 anos  

15/9, domingo 
14h  
Balão Vermelho/ Cavalo Branco (1956 / 1953)  
De Albert Lamorisse  
Classificação indicativa: livre  

19h  
Amores Expressos (1994)    
De Wong Kar-Wai  
Classificação indicativa: 14 anos  

16/9, segunda-feira 
14h  
Tomboy (2011)  
De Céline Sciamma  
Classificação indicativa: 10 anos  

19h – sessão seguida de debate  
O Invasor (2001)  
De Beto Brant  
Classificação indicativa: 18 anos  

17/9, terça-feira 
14h  
Adoniran, meu nome é João Rubinato (2019)  
De Pedro Serrano  
Classificação indicativa: 12 anos  

19h – sessão seguida de debate  
A lei do desejo (1987)  
De Pedro Almodovar  
Classificação indicativa: 16 anos  

18/9, quarta-feira 
14h  
Medos privados em lugares públicos (2006)  
De Alain Resnais  
Classificação indicativa: 14 anos  

19h – sessão seguida de debate  
Tabu (2000)  
De Nagisa Oshima  
Classificação indicativa: 16 anos  

Veja também

Comentários


PROIBIÇÃO
Crivella proíbe repórteres do Grupo Globo em coletiva
SAÍDA?
Sandra Annenberg fala se vai sair da Rede Globo
NOVELAS
Silvana engravida de verdade em ‘Bom sucesso’
NOVELAS
Vitória descobre que Sandro é seu filho e conta a Raul: ‘Monstruoso’
HORÓSCOPO DO DIA
Horóscopo de hoje do signo Peixes| Horóscopo do dia|13/12/2019