Roberta Miranda usa mascara no AM contra Coronavírus | ANTENA CRÍTICA
FAMOSOS

Roberta Miranda usa máscara no Amazonas para se proteger do novo coronavírus

Por Estadão | 09/03/2020 | 11:39
Roberta Miranda usa máscara no Amazonas para se proteger do novo coronavírus

Roberta Miranda está se protegendo contra o novo coronavírus. A sertaneja fez um show em Lábrea, no Amazonas, no último sábado, 7, e foi flagrada por fãs usando uma máscara cirúrgica para se proteger da doença.

De acordo com imagem obtida pelo jornalista Leo Dias, do UOL, um admirador da cidade viu a cantora descendo de uma caminhonete com o item de proteção e brincou com a atitude dela. “Bonita, ela que vive viajando que pode passar [o vírus] para a gente (risos)”, escreveu num story do WhatsApp.

Segundo uma apuração do Estado, o medo do Covid-19 fez aumentar a procura por máscaras cirúrgicas e, no fim de fevereiro, farmácias do centro da capital paulistas ficaram sem esses produtos nas prateleiras.

Outros artistas estão com medo

Além de Roberta Miranda, outras frentes da indústria do entretenimento têm mostrado preocupação com o novo coronavírus.

Os eventos de lançamento da Disney+ na Europa, planejados para ocorrer em Londres na primeira semana de março, foram cancelados devido ao novo coronavírus. Segundo a empresa, a decisão se deu “devido ao cancelamento da participação de membros da mídia na cerimônia e o aumento das preocupações com viagens internacionais.”

Conforme divulgou o E+ no começo de fevereiro, agências sul-coreanas estão cancelando shows de K-pop na Coreia do Sul e no exterior por causa do coronavírus.

As boybands Winner e NCT Dream, por exemplo, cancelaram shows em Macau e Singapura. Além disso, a Orquestra Sinfônica de Boston cancelou, recentemente, uma turnê pela Ásia, e a Filarmônica de Hong Kong desmarcou cinco shows no continente asiático.

Os efeitos colaterais do vírus têm atingido fortemente a indústria das artes na Ásia, especialmente em Hong Kong. A cidade, que se transformou em um centro cultural internacional e porta de entrada para a China, agora enfrenta o cancelamento de vários eventos.

A ausência de movimentação cultural no país causa estragos ainda maiores em uma economia já prejudicada por prolongados protestos contra o governo. A Art Basel Hong Kong, uma das feiras de arte mais prestigiadas da Ásia, estava prevista para acontecer neste mês de março e foi cancelada por cuidados com a epidemia e a segurança dos galeristas.

.

Brasil tem 21 casos de Coronavírus confirmados

Até a tarde deste domingo (8), o Brasil confirmou 25 casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2). Três novos pacientes foram contabilizados pelos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Alagoas, de acordo com o Ministério da Saúde. São Paulo também apresentou mais três casos.

  • 21 casos são importados
  • 4 são transmissão local
  • 663 casos ainda são suspeitos
  • 632 foram descartados

Coronavírus no Brasil

ESTADOCASOS CONFIRMADOS
ALAGOAS1
BAHIA2
ESPÍRITO SANTO1
MINAS GERAIS1
RIO DE JANEIRO3
SÃO PAULO16
DISTRITO FEDERAL1
TOTAL25

Fonte: Ministério da Saúdedeslize para ver o conteúdo

No Rio

De acordo com a secretaria de saúde, o terceiro caso confirmado é de uma mulher de 42 anos, que mora no Rio e acompanhou a paciente que teve a confirmação da doença no sábado (7) em viagem à Itália. Os primeiros sintomas apareceram um dia após o retorno ao Brasil, que aconteceu no dia 4 de março.

Ela já estava sendo monitorada por profissionais da vigilância da secretaria, em parceria com o órgão municipal. O estado de saúde da mulher é estável e ela está em isolamento domiciliar.

Além dos três casos já confirmados no estado, há outros 111 suspeitos.

roberta miranda corona virus

Em Alagoas

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) do estado confirmou o primeiro caso neste domingo. O paciente é um alagoano de 42 anos que voltou da Itália no dia 3 de março e procurou atendimento médico em Maceió por apresentar sintomas. Ele está em isolamento domiciliar e o estado de saúde é estável.

Em São Paulo

Com três novos casos, o estado totaliza 16 pacientes infectados. Registra, ainda, 176 suspeitas da doença e 258 casos descartados.

No último balanço, divulgado no sábado (7), São Paulo tinha 13 casos confirmados e 184 suspeitas da doença. O estado registrou também os primeiros dois casos de transmissão local no país nesta semana.

De acordo com o infectologista David Uip, que coordena comitê de contingenciamento estadual, uma das pessoas contaminadas é irmã do primeiro paciente e a outra, a sobrinha.

“O caso número um tem a sua irmã e a filha da irmã, portanto a sobrinha, positivas e sintomáticas. Então provavelmente se contaminaram naquele almoço, e por apresentarem sintomas fizeram os exames que nós acabamos de saber que são positivas”, afirma.

Ainda segundo Uip, o estado de saúde das duas “é muito bom”. “Sem problemas. Estão em casa”, completou.

Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão e sintomas da doença — Foto: Infografia/G1
coronavirus

Total no mundo

O número global de notificações de infecção pelo coronavírus é de 107.600 casos, com 3.656 óbitos, em 95 países e territórios – aponta o levantamento do jornal “The New York Times” neste domingo (8), com base nos últimos dados de fontes oficiais.

Na China, o número de casos vem diminuindo, mas a queda de um prédio onde pessoas estavam em quarentena deixou 10 mortos. Mais de 20 pessoas ainda são procuradas entre os escombros.

Nos Estados Unidos, o Deparamento de Saúde do estado da Flórida anunciou a morte de duas pessoas infectadas pelo coronavírus. São as primeiras vítimas fatais registradas na costa leste do país. O estado de Nova York declarou estado de emergência neste sábado.

Os números do coronavírus no país são desencontrados. O governo norte-americano reconhece 213 casos confirmados, mas a imprensa noticia que já são mais de 300 pacientes. De acordo com o jornal “The New York Times”, estão confirmadas 19 mortes até o momento, 16 delas no estado de Washington, costa oeste.

Ainda nos Estados Unidos, organizadores de uma conferência de ação política conservadora que aconteceu perto da capital Washington no fim de fevereiro e que teve participação do presidente Donald Trump, confirmaram que um dos participantes testou positivo para a doença.

Eles explicaram que a pessoa infectada não teve contato com o presidente e não participou da atividade no principal espaço do evento. Perguntando sobre isso, Trump disse “não estar nem um pouco preocupado com isso”.

Na Argentina, um homem de 64 anos é a primeira vítima da doença na América Latina. No mês passado, ele viajou para a França e começou a apresentar os primeiros sintomas em 28 de fevereiro.

Comentários


SAÚDE & BEM ESTAR
Nutricionista aponta benefícios do chocolate para a saúde
BIG BROTHER BRASIL
BBB20: Thelma ganha prova do líder
Resultado Tele Sena de Páscoa 05/04 – Sorteio
SHOW NA LIVE
Maiara, Maraisa e Marília Mendonça anunciam live com 8 sertanejos
COVID-19
Record se destaca com medidas inéditas no combate ao avanço do coronavírus