Infectologistas mostram aumento de transmissão a cada 5 dias e reforçam isolamento social em AL | ANTENA CRÍTICA
ALERTA
>

Infectologistas mostram aumento de transmissão a cada 5 dias e reforçam isolamento social em AL

Por CadaMinuto | 28/03/2020 | 11:46
Arte: Reprodução/Internet Infectologistas mostram aumento de transmissão a cada 5 dias e reforçam isolamento social em AL
Vírus se espelha com facilidade sem o isolamento social

O desenvolvimento da transmissão do novo coronavírus em Alagoas está em constante monitoramento por médicos infectologistas que atuam na rede privada e pública na composição dos estudos epidemiológicos. Conforme dados mostrados pelos especialistas, no estado já foi possível perceber a duplicação da capacidade de transmissão do vírus a cada cinco dias.

Em uma nota técnica, os especialistas afirmaram que a maneira mais eficaz de conter a propagação do vírus de forma comunitária para todo o estado, no momento, é a manutenção das medidas de isolamento social. De acordo como os médicos, com a duplicação da transmissão, 20% das pessoas infectadas necessitam de hospitalização e 5% de terapia intensiva.

“No Brasil, a doença vem dobrando o número de casos a cada 3 dias, possivelmente porque o surto do COVID-19 ocorre em mais de uma região no nosso país continental, que conta até hoje com 92 óbitos. Em Alagoas, foram notificados 539 casos suspeitos, dos quais 56% encontram-se ainda em investigação, e em 12 pessoas a presença do vírus foi confirmada, segundo dados do Informe Epidemiológico nº 21 do CIEVS/AL, publicado em 27/03/2020.  De acordo com esses dados, podemos considerar que ainda não temos o conhecimento ideal do momento epidemiológico em que o Estado de Alagoas se encontra. Medidas para conter a cascata de transmissão e, dessa forma, reduzir o número de casos e óbitos são urgentemente necessárias e demandam esforço coletivo”, reforça trecho da nota técnica.

 Os médicos colocam ainda que o isolamento social vai permitir que um número menor de pessoas infectadas e possibilite adequar o suporte para atendimento ambulatorial e hospitalar. Em alguns países onde o surto é intensivo, o serviço de saúde corre risco de entrar em colapso.

“Desta forma, sugerimos a manutenção temporária das medidas de isolamento social já adotadas, além da continuidade da ampliação da infraestrutura e capacitação profissional para receber essa demanda emergente. Continuaremos em reunião permanente para contribuir com suporte científico, que possa embasar o enfrentamento dessa grave situação de forma mais eficiente, reafirmando nosso compromisso com a saúde pública do nosso Estado”.

Redação do Cada Minuto, em Maceió

Comentários


Reinaldo Gottino se demite da CNN e volta para a Record
FAMOSOS
Ao som da sanfona, Mano Walter lança single e clipe de “Matuto de Verdade”
TECNOLOGIA
Os 5 melhores filmes que você não pode assistir na Netflix brasileira – e como desbloqueá-los
GENTE FAMOSA
Youtuber devolve criança autista que havia adotado: ‘Problemas maiores que imaginava’
CHEGOU!
‘Chromatica’ já está disponível nas plataformas; veja como escutar o novo álbum de Lady Gaga