Justiça manda remover todos os vídeos do canal 'Bel para Meninas', diz site | ANTENA CRÍTICA
POLÊMICA
>

Justiça manda remover todos os vídeos do canal ‘Bel para Meninas’, diz site

Por Redação | 28/05/2020 | 22:56
Reprodução/Internet Justiça manda remover todos os vídeos do canal ‘Bel para Meninas’, diz site

Quem acessar o canal ‘Bel para Meninas’ verá apenas o último vídeo publicado, todos os outros foram arquivados. De acordo com o site da revista VEJA, isso aconteceu por meio de uma determinação judicial, que também pediu que a menor não se manifeste sobre o assunto publicamente.

Segundo a publicação, o Ministério Público analisa a acusação de exposição vexatória e constrangimento. O caso corre em segredo de Justiça. O canal tinha mais de 4.000 vídeos, postados nos últimos oito anos.

No vídeo remanescente, os pais de Bel, Fran e Maurício, se pronunciaram em vídeo pela primeira vez sobre a polêmica da hastag #SalveBelParaMeninas. O casal foi alvo de denúncias no Twitter e também na TV. De acordo com as acusações, Bel, que tem 13 anos, estaria sendo obrigada a gravar e passando por situações constrangedoras.

O casal leu um texto que afirmou ter sido preparado por eles, especialmente para inscritos e fãs do canal. No texto, eles chamam as denúncias apresentadas de fake news. Disseram ainda que é uma campanha caluniosa, difamatória, agressiva e covarde, feita por pessoas maldosas e invejosas. O texto diz ainda que estão tomando todas as providências cabíveis.

“Se algum vídeo pareceu ruim ou infeliz, não foi a nossa intenção. Se publicamos, foi porque não vimos maldade de nada. Eu nunca bati nas minhas filhas, nunca coloquei minhas filhas de castigo. As minhas filhas conheceram a agressão com essa campanha covarde”, disse a mãe.

“Do dia para a noite, vimos nossa vida desmoronou por conta de fake news”, falou o pai. Sobre os vídeos removidos do canal, os pais disseram: “Vamos privar todos os vídeos que elas aparecem, não vamos excluir nada até porque é a nossa vida, mas estará disponível para qualquer autoridade que queira ver e ter acesso a isso.”

Caso na TV

“Não tenho medo de ameaças”, disparou o apresentador do Cidade Alerta, Luiz Bacci, logo no início do jornalístico. Ele recebeu uma carta com um pronunciamento dos pais de Bel, do canal ‘Bel para Meninas’. Eles foram acusados de maus tratos após denúncias de internautas que resultaram em uma reportagem no programa desta terça-feira (20). Após a repercussão, o Conselho Tutelar de Maricá, no Rio de Janeiro, esteve na casa da família.

Por meio de nota, o pai de Bel chamou o programa de sensacionalista e que toda a situação teria sido apresentada visando audiência. Após ler, o apresentador disparou: “Não tente se defender atacando. Quem é o senhor para falar de audiência, de dinheiro se o senhor coloca a tua filha para vomitar no YouTube?”

Apoio na internet

Em meio às denúncias de supostos maus tratos e abuso psicológico contra a filha, Fran, que administra o canal ‘Bel para Meninas’ e ‘Fran para Meninas’ está recebendo o apoio de alguns fãs, inscritos e seguidores. Na manhã desta quarta-feira (20), a hashtag #FranNósTeAmamos começou a aparecer como um dos assuntos mais comentados do Twitter.

A denúncia

Na noite desta terça-feira (19), Fran foi citada em uma denúncia do Cidade Alerta, da Record. Isso aconteceu após o apresentador Luiz Bacci ser marcado em várias publicações sobre o assunto. A acusação é que ela estaria trazendo prejuízos às filhas e as obrigando a passar por situações para publicar os vídeos na internet. O programa mostrou vários trechos de vídeos e tentou contato com Fran e com o pais de Bel, que não atenderam.

Conselho Tutelar

Após o programa ir ao ar, uma pessoa que fazia caminhada no condomínio onde Fran mora, conseguiu filmar o carro do conselho tutelar da cidade de Maricá, no Rio de Janeiro, em frente à casa da YouTuber. Ainda na noite desta terça-feira (19), o apresentador do Cidade Alerta informou que Celso Russomanno entraria no caso.

Hashtag no Twitter

O caso de Bel chegou a ser comparado com o da YouTuber inglesa Marina Joyce. Assim como no caso de Bel, foi criada uma teoria similar, que foi investigada e no final não era nada. Apesar disso, muita gente está afirmando que há abuso psicológico e pede a investigação do caso.

Após a repercussão do caso, Fran publicou uma mensagem em seu perfil oficial: “Enquanto algumas pessoas espalham o ódio gratuito nós seguimos acreditando na família e no amor. Que nossa felicidade chegue ao coração de vocês”.

Comentários


ESPECIAL
Villa Country comemora 18 anos com “Encontro de Gerações”
SUSTO
Dedo humano é encontrado dentro de esfiha em SP
HOMENAGEM
Elenco de ‘Glee’ presta homenagem a Naya Rivera se reúne em Lago em que morreu afogada
Corpo da atriz de Glee, Naya Rivera é encontrado
RESUMO DE NOVELAS
Resumo da semana (13 a 17 de julho) de ‘Betty, a Feia em Nova York’: Mata coloca arma no carro de Armando