LUTO

Clubes e jornalistas lamentam morte de Orlando Duarte, vítima da Covid-19

xorlando-duarte-estava-afastado-da-cobertura-esportiva-desde-2012.jpg.pagespeed.ic_.SZddvY7OKZ-367x206

O escritor e comentarista esportivo Orlando Duarte faleceu, aos 88 anos, na manhã desta terça-feira vítima da Covid-19, em São Paulo. Orlando havia contraído o novo coronavírus e ficou quase três semanas hospitalizado. O jornalista deixa esposa, Conceição Duarte, seis filhos e seis netos.

Jornalistas e clubes esportivos, como o Corinthians, São Paulo e Palmeiras, lamentam a perda em suas contas nas redes sociais.

Nascido em Rancharia, interior de São Paulo, Orlando Duarte trabalhou na Globo, TV Cultura, SBT, Band e Gazeta, além das rádios Jovem Pan, Trianon, Gazeta e Bandeirantes. Foi também colunista de diversos jornais, além de ter escrito 34 livros sobre esportes.

Orlando Duarte trabalhou na cobertura de 14 Copas do Mundo e dez Jogos Olímpicos. Ele estava afastado do jornalismo esportivo desde 2012 e vinha enfrentando diversos problemas de saúde. Além de aneurismas, doenças cardíacas e osteoporose, foi diagnosticado com Mal de Alzheimer há cerca de dois anos.

Orlando foi ainda narrador do documentário “Pelé Eterno” e único escolhido para narrar o documentário “Fifa Fever” (em homenagem aos 100 anos de fundação da entidade máxima do futebol).

Comentários

Colabore com esse conteúdo deixando a sua opinião ou comentário. É muito gratificante para o produtor de conteúdo ter sua interação.