AUDIÊNCIA

Gênesis garante melhor estreia da Record em mais de 4 anos

20210121-rd1-genesis-carlo-porto
Foto: Reprodução

O primeiro capítulo de Gênesis, nova novela bíblica da , impulsionou a audiência da emissora. O folhetim rendeu o melhor desempenho de uma estreia, conforme dados aferidos na Grande São Paulo, desde 2016. Apesar do alto índice, a trama não incomodou a líder Globo.

Entre 20h59 e 22h04, Gênesis registrou 16,1 pontos, 17,7 de pico e 22,3% de participação no número de televisores ligados (share) contra 27,7 da Globo e 6,6 do SBT. A estreia, toda centrada na criação do mundo por Deus (Flávio Galvão) e em Adão (Carlo Porto) e Eva (Juliana Boller), foi a mais bem-sucedida desde A Terra Prometida – 17,7 em 5 de julho de 2016.

Antes, 19h55 às 20h59, o Jornal da Record marcou 9,4 pontos, 13,1 de pico e 13,4% de share frente 6,4 do terceiro colocado. Depois, das 22h04 às 21h51, a reapresentação de Jesus (2018) garantiu 9,8 pontos, 16,7 de pico e 14,3% de share versus 5,8 do principal concorrente.

Ao longo do dia, a Record foi vice-líder com outras atrações. Pela manhã, 3,7 do Fala Brasil x 3,5 do Primeiro Impacto. Também 4,3 do Hoje em Dia, empatado tanto com o informativo do SBT, quanto com o Bom Dia & Cia. À tarde, o Balanço Geral SP emplacou 7,8 na primeira parte (x 5,6) e 9,5 na segunda (x 5,1).

A reapresentação de Escrava Mãe (2016) consolidou 5,1 ante 4,6 do Triturando e do Casos de Família. Já o Cidade Alerta bateu 6,6 com os minutos finais do bloco nacional e 7,7 quando exibido apenas para São Paulo.

O terceiro lugar veio com Balanço Geral Manhã nacional (2,2) e local (3,1), a primeira hora do Cidade Alerta (4,7) e o filme Buscando… (2018) em Cine Record Especial (4,5).

Comentários

Colabore com esse conteúdo deixando a sua opinião ou comentário. É muito gratificante para o produtor de conteúdo ter sua interação.